Categorias
Self Storage

Diferença entre armazenagem e estocagem

É totalmente comum confundir os termos armazenagem e estocagem, já que são conceitos parecidos. Porém eles possuem significados diferentes dentro da logística.

É muito importante falar sobre o processo de estocagem que, apesar de não ser igual à armazenagem, traz muitas semelhanças, o que faz com que até mesmo os melhores profissionais da área de logística fiquem em dúvida.

Geralmente, ao tentar explicar a diferença entre ambas, muitos argumentam que a armazenagem é a guarda de produtos acabados e que a estocagem está ligada diretamente à guarda de matérias-primas.

Não se deixe enganar! Conheça, a seguir, a diferença entre elas e saiba quais os tipos de negócios que precisam de armazenagem. Boa leitura!

Diferença entre armazenagem e estocagem

Para facilitar a compreensão destes dois termos, devido às grandes semelhanças, é importante saber que a armazenagem está associada à conservação dos estoques da empresa, havendo a necessidade de estrutura física adequada, assim como — armazém físico, empilhadeiras, prateleiras, carrinhos, além de tudo que é necessário para emissão de nota fiscal.

Armazenagem é, basicamente, a ação de armazenar, de reter os produtos. 

A estocagem, por sua vez, está diretamente ligada ao ponto dentro do armazém, destinado à locação de cada material, portanto em um armazém pode haver vários pontos de estocagem.

Ela tem ligação direta com marketing, fluxo de caixa, estratégias de vendas e fornecedores. Em suma, a armazenagem tem a ver com a acomodação dos estoques e a estocagem com o depósito de matérias-primas ou produtos já acabados. 

Os tipos de negócios que precisam de armazenagem

Existem alguns tipos de negócios em que a armazenagem é de suma importância, como as lojas em shopping, feiras, comércio virtual, indústrias alimentícias, construção civil, entre outros.

No caso dos negócios on-line, as vendas estão cada vez mais aquecidas, necessitando de um estoque disponível que supra a demanda dos clientes.

Na construção civil é imprescindível ter um estoque organizado de todos os materiais que serão usados nas mais diversas obras para que o setor da construção civil cumpra, com eficiência, seus processos produtivos.

Na indústria alimentícia, os produtos por serem perecíveis, têm que ter alta rotatividade. Por isso que dependem das técnicas corretas de conservação e refrigeração, assim como todas as ações de circulação destes produtos.

Algumas empresas do ramo costumam gastar muito dinheiro com galpões próprios, pois necessitam de uma grandiosa estrutura para armazenar e estocar estes alimentos e treinar muito bem os funcionários para manter a segurança dos locais e movimentarem as mercadorias com rapidez e agilidade, evidentemente dentro dos padrões de higiene exigidos. 

À medida que a demanda das empresas cresce, os locais para armazenamento e estoque ficam mais caros, a melhor alternativa é a utilização do Self Storage. Nele, as taxas de imóvel não existem, tem ótimo custo benefício para as empresas que não precisam de um local próprio para armazenagem.

Com ele, você poderá escolher entre vários tamanhos de box para armazenagem dos seus produtos a qualquer hora, sendo uma opção muito mais segura e barata.

A utilização do Self Storage traz uma grande vantagem, pois possibilita um espaço maior para as empresas desenvolverem suas atividades, além de reduzir gastos com o aluguel galpões para estocagem.

Embora os conceitos de armazenagem e estocagem apresentem diferenças, ambos representam elementos importantes para as operações logísticas, influenciando decisivamente nos custos e nos níveis de satisfação dos clientes.