Categorias
Coleções Dicas de Organização Móveis Objetos Pessoais

Guia completo para aproveitar melhor um espaço

Mesmo os bagunceiros de plantão certamente ficam encantados ao se depararem com um ambiente lindo e convidativo, onde o bom aproveitamento de espaço e a organização fazem a diferença. Afinal, quem não quer sentir conforto e bem-estar, seja no trabalho ou em casa?

Sabia que manter a organização do espaço em casa é mais fácil do que muitas pessoas imaginam? Para isso, é importante aproveitar as dimensões do imóvel de maneira criativa e inteligente, a fim de deixar cada coisa em seu lugar, agregando funcionalidade e praticidade.

Ainda bem que hoje em dia existem soluções modernas e práticas e formas alternativas para o armazenamento dos mais variados itens, como mercadorias, móveis, roupas, livros e objetos decorativos. Dessa forma, é possível manter no local onde vivemos ou trabalhamos somente os artigos mais utilizados e guardar as outras coisas em um local acessível e seguro.

A seguir, você saberá o que é o aproveitamento de espaço, qual é a importância dele e quais são os benefícios desse conceito. Você verá, também, onde e como incorporá-lo ao imóvel e conhecerá as nossas dicas para a sua implementação. Acompanhe!

O que é aproveitamento de espaço?

O aproveitamento de espaço é um recurso que utiliza cada centímetro do imóvel para agregar funcionalidade e conforto ao ambiente. Para esse propósito, é necessário estudar as diversas possibilidades oferecidas pelo imóvel, como o remanejamento de portas, janelas e paredes.

Além disso, é preciso observar a funcionalidade de cada ambiente, a fim de usar elementos, como iluminação, revestimentos e mobília, para atender às necessidades do espaço e otimizar as tarefas nessa área. Isso tudo sem se esquecer de incorporar personalidade, beleza e conforto ao local.

A necessidade de melhor aproveitamento de espaço surgiu no Japão, onde os espaços são extremamente disputados levando à construção de imóveis compactos e funcionais.

Depois disso, já nos anos 70, com a supervalorização dos imóveis, surgiu em Nova Iorque, um movimento de valorização dos espaços pequenos, liderado por artistas e estudantes. Aí então, as pessoas começaram a migrar para os lofts, decorando e valorizando essas pequenas moradias com estilo e criatividade.

A falta de espaço também já é realidade nas grandes cidades brasileiras, aumentando, assim, o preço do metro quadrado das unidades residenciais e comerciais. Por esse motivo, os imóveis novos ofertados no mercado estão cada vez menores elevando, assim, a demanda pelo conceito de aproveitamento de espaço.

Cresce também a busca por soluções para armazenar e conservar, de maneira prática e segura, os mais variados artigos de uso residencial e corporativo, a fim minimizar esse problema de falta de espaço.

Qual é a importância de se aproveitar bem o espaço?

Quem não quer trabalhar em um lugar agradável, funcional e organizado, onde o acesso aos equipamentos e materiais é facilitado e a ergonomia favorece a eficiência dos trabalhos? Melhor ainda é voltar para casa e encontrar um local convidativo e confortável para relaxar da correria da vida moderna.

É por isso que o aproveitamento de espaço é tão importante, já que ele pode incorporar todos esses benefícios aos ambientes residenciais e corporativos, deixando-os modernos, aconchegantes e agradáveis.

Em uma casa compacta, é comum o ambiente ficar entulhado de móveis e outros objetos e parecer sem graça e desarrumado. Além disso, a mobilidade fica reduzida e a execução das tarefas de limpeza e conservação do lugar se torna muito mais difícil.

O mesmo acontece em lojas, escritórios e outros ambientes comerciais, onde mercadorias, mobiliário e equipamentos de trabalho disputam espaço com clientes e colaboradores. Tudo isso pode comprometer o desempenho dos funcionários e ainda afastar a clientela.

A tranquilidade de trabalhar em um lugar onde todos os materiais e equipamentos mais utilizados estão acessíveis ao uso, certamente, vai deixar os trabalhadores mais motivados. Dessa forma, as tarefas serão executadas com mais eficácia e agilidade, incrementando, com isso, a produtividade.

Outra questão importante é a confiabilidade a ser passada para os clientes. Quem vai querer negociar com uma empresa cujo visual demonstra falta de organização e desleixo? Por esses e por outros motivos é muito importante aproveitar ao máximo o espaço disponível, fazendo intervenções que possam valorizar o layout do estabelecimento.

Quais são os benefícios desse aproveitamento?

Conforme mencionado, um ambiente organizado, limpo e convidativo faz toda a diferença na qualidade de vida das pessoas. Confira alguns benefícios do conceito de aproveitamento de espaço nos ambientes profissionais e residenciais!

Maior circulação do ar

A disposição correta de móveis e elementos decorativos potencializa a climatização do ambiente. É necessário, também, adequar a quantidade e o tamanho das peças às dimensões do imóvel. Caso contrário o ambiente fica carregado e abafado o que gera mal-estar e desconforto às pessoas.

Melhor trânsito de pessoas

Além de deixar o ambiente atraente e confortável, o espaço bem aproveitado pode melhorar a mobilidade e a segurança, garantido a fluidez do trânsito no local. Para isso, é aconselhável evitar a instalação de equipamentos e móveis grandes nos lugares de maior circulação. Assim, as pessoas podem se movimentar tranquilamente pelo recinto, sem ter que desviar de obstáculos.

Facilidade de limpeza

Esse é outro benefício agregado pelo aproveitamento de espaço em casas e empresas. Afinal, com mais espaço livre, os trabalhos de limpeza e manutenção ficarão muito mais fáceis. Com essa praticidade, os trabalhadores desse setor executarão melhor as suas tarefas e os ambientes estarão sempre limpos e salubres.

Maior organização

É muito mais fácil manter a organização em um local onde é possível acomodar, tudo em seu devido espaço. Em casa, por exemplo, a organização dos armários, gavetas e prateleiras facilita a localização de utensílios e outros itens na hora do uso.

Já nos ambientes de trabalho, a organização é primordial para o bom desenvolvimento das tarefas. Afinal, ferramentas e utensílios espalhados por todo o espaço comprometem o andamento das tarefas, além de colocar em risco a segurança de todos que circulam pelo local.

Elegância e beleza

Ao entrarmos em um espaço elegante e atraente, muitas vezes não percebemos o quanto a amplitude e a fluidez existentes no lugar se devem ao correto aproveitamento de espaço. Para imprimir essas qualidades ao ambiente, é importante promover a harmonia entre todos os componentes do design, adotando alguns recursos, como a retirada e o remanejamento de parte dos móveis e outros elementos.

Conforto e aconchego

O aproveitamento de espaço também pode contemplar esses dois quesitos, adaptando o layout às necessidades das pessoas para deixar o recinto mais aconchegante. Para promover o conforto residencial e comercial é aconselhável pensar também na funcionalidade e na ergonomia dos móveis. Sendo assim, o modelo e o tamanho de escrivaninhas, cadeiras, mesas, sofás e outras peças também devem ser adaptados ao espaço existente.

Onde é possível aplicar tais conceitos?

O aproveitamento de espaço pode ser usado em todos os tipos de imóveis residenciais e comerciais. Afinal, esse recurso promove a mobilidade e a organização em todos os ambientes. Em locais como lojas, escritórios, casas e apartamentos compactos, entretanto, a adoção desse conceito é fundamental para deixar o espaço mais vistoso e funcional.

Quais são as principais dicas para o aproveitamento de espaço?

Você se interessou pelo assunto e quer saber como aproveitar melhor o espaço em diferentes tipos de imóveis? Confira então as nossas dicas de como utilizar essa solução em empresas e moradias!

Aposte no conceito aberto

Essa é uma grande tendência de arquitetura e consiste na retirada de paredes internas, liberando o espaço ocupado por elas e agregando amplitude ao recinto. Veja alguns modelos de integração de ambientes residenciais e corporativos:

Salas de estar, de jantar e cozinha

Facilita a convivência entre os moradores e economiza espaço, permitindo o uso simultâneo de móveis como bancadas, estantes, nichos e mesas nos três ambientes.

Sala de estar e varanda

Otimiza o espaço e a interação entre moradores e convidados, potencializando a alegria e a descontração.

Lofts

Também conhecidos como estúdios e quitinetes, eles abrigam todos os ambientes da casa, aproveitando o espaço de forma moderna e funcional.

Quarto e home office

Quem trabalha em casa pode adaptar um escritório no dormitório, utilizando-se de alguns recursos, como o uso de móveis híbridos.

Hall e recepção

Agiliza o atendimento à clientela.

Sala de reuniões com uso múltiplo

Pode ser preparada para funcionar também como um centro de convenções e de treinamento da empresa.

Mesmo no conceito aberto, é importante reservar uma área íntima, principalmente nas residências. Uma boa maneira de se fazer isso é a disposição de biombos ou divisórias discretas que não chegam até o teto, mas sinalizam a privacidade de áreas, como banheiro e quarto.

Use e abuse das prateleiras e dos nichos

Essas estruturas se adaptam a inúmeros espaços, como acima da caixa de descarga do vaso sanitário, suspensas em paredes ou acima de aparadores. As prateleiras e os nichos são versáteis e podem abrigar diversos artigos, como caixas organizadoras, enfeites, utensílios e até eletrodomésticos compactos.

Instale portas de correr ou sanfonadas

Portas de correr ou sanfonadas são um coringa para o aproveitamento das dimensões do lugar. Elas também podem ser usadas em armários e guarda-roupas liberando mais espaço em dormitórios e outros cômodos.

Eleja móveis multifuncionais

Muito utilizados na decoração minimalista, esses móveis otimizam o espaço e deixam o ambiente personalizado e contemporâneo. Atualmente, esse tipo de mobília está sendo usado também em ambientes empresariais. Veja alguns exemplos de mobília multifuncional:

  • bancos e sofás com baú embutido sob o assento;
  • mesa com prateleira e rodinhas e que pode ser acomodada sob um outro móvel;
  • estante cuja porta quando aberta se transforma em mesa;
  • cama com escrivaninha ou prateleiras acopladas à cabeceira;
  • cama com box para guardar roupas de cama e outras peças;
  • escrivaninha acoplada à poltrona.

Aproveite as estruturas do imóvel

Escadas, tetos, cantos de paredes, colunas e pé direito alto são algumas estruturas da construção que podem ganhar funcionalidade e ainda imprimir charme e personalidade ao imóvel. Acompanhe algumas maneiras de se fazer isso:

  • os vãos das escadas — estantes, prateleiras e até um home office podem ser construídos nesse espaço;
  • os degraus — cada degrau pode se transformar em um box para acondicionar os mais variados artigos, ajudando na organização do espaço;
  • as colunas — com a devida orientação técnica, é possível talhar charmosos nichos nas colunas, deixando o design diferenciado e criativo;
  • o pé direito alto — quem dispõe desse espaço pode aproveitá-lo construindo um mezanino multifuncional;
  • os cantos das paredes — é possível aproveitar esses espaços para incorporar nichos que estão super na moda;
  • o teto — ele pode ser usado para a fixação de prateleiras ou de jardins suspensos, sobre bancadas, aparadores ou em algum local de menor circulação.

Abuse das divisórias removíveis

Também denominadas paredes deslizantes, essas divisórias ajudam a criar diferentes ambientes em um grande espaço compartilhado. É possível, por exemplo, separar a biblioteca ou o home office do quarto ou da sala de estar, agregando um aspecto reservado a alguns ambientes.

Favoreça a circulação

A mobília deve ser incorporada ao recinto de modo a não prejudicar a circulação das pessoas. Nos espaços reduzidos, o ideal é a colocação de móveis planejados, a fim de aproveitar todos os cantos disponíveis, sem entulhar o ambiente. As mesas dobráveis anexadas às paredes são ótimas opções para essa demanda.

Outra maneira de privilegiar a circulação é o uso das varandas como extensão dos cômodos, instalando-se portas maiores e transparentes nesses ambientes. Junto às salas, elas podem receber plantas suspensas e se transformarem em um oásis, além de adicionar mais espaço ao lugar. Podem, ainda, ser anexadas às cozinhas para se transformarem em um espaço gourmet, aumentando a área de lazer da casa.

Inove na iluminação

Uma boa dica é buscar por um projeto que aproveite a iluminação natural, para imprimir amplitude ao recinto. Para isso, dê preferência às portas e janelas, que tenham o maior tamanho possível e que sejam revestidas com material transparente.

Alguns arranjos luminotécnicos podem ajudar a aumentar a sensação de espaço. Já as luminárias devem ser proporcionais ao tamanho do lugar para imprimir equilíbrio ao design e promover o conforto visual. Outra ótima opção é a substituição dos abajures por arandelas fixadas na parede, evitando-se, com isso, a ocupação de espaço no solo.

Valorize os espaços de sua loja

É fato que a escolha de um bom ponto comercial é muito importante para potencializar as chances de sucesso de um estabelecimento comercial. Os preços dos aluguéis nos grandes centros, entretanto, estão cada vez mais caros, levando muitos comerciantes a optarem por uma loja menor.

A boa notícia é que é possível aproveitar cada centímetro do imóvel e proporcionar mobilidade e conforto aos colaboradores e clientes. Confira algumas opções para a otimização do espaço da sua loja:

Cores claras

Elas deixam o ambiente mais clean e agradável aumentando a sensação de espaço.

Móveis planejados

Eles vão aproveitar o espaço sem atrapalhar a circulação, melhorando a mobilidade de todos.

Portas de correr

Os armários e as prateleiras com portas de correr economizam espaço.

Organização

Para impactar positivamente o visual do estabelecimento, use caixas organizadoras para o acondicionamento adequado dos itens menores. A organização do estoque também é essencial.

Orientação espacial e setorização

Oriente de forma clara e dinâmica o fluxo de clientes. A sinalização eficiente de cada setor da loja também é muito importante.

Espelhos

Além de úteis, eles podem ser seus aliados na decoração do estabelecimento. Afinal, os espelhos ajudam na iluminação e fazem o recinto parecer maior.

Material transparente

Sempre que possível, incorpore móveis e equipamentos confeccionados em material translúcido. Além de modernos, eles emprestam um visual requintado ao ambiente.

Organize a lavanderia

Esse é um cômodo da casa onde a funcionalidade deve ser priorizada. Só assim é possível acabar com o quarto da bagunça em que costuma se transformar a lavanderia. Atente, então, para a organização desse recinto e resista à tentação de usar a lavanderia como depósito. Veja algumas maneiras de deixá-la sempre arrumada e funcional:

  • máquina de lavar conjugada com secadora — esse equipamento economiza espaço e agiliza os trabalhos;
  • organização — os recipientes com os insumos, como sabão em pó, amaciante de roupas e alvejante devem ficar organizados em prateleiras de fácil alcance;
  • armários — eles são essenciais, inclusive, os modelos com cabideiros para colocar as roupas passadas; instale também alguns armários suspensos para guardar produtos de limpeza;
  • tábua de passar roupas — prefira as dobráveis;
  • cesto de roupas sujas — podem ficar embaixo do tanque para economizar espaço.

Invista na contratação de um self storage

Por mais que se aproveite o espaço, sempre sobram aquelas peças que a pessoa precisa ou deseja manter, mas que não têm lugar para acomodar. Isso acontece também com os comerciantes que muitas vezes não têm espaço nas lojas para acomodar um estoque mais robusto ou para guardar todos os materiais utilizados na empresa.

Ainda bem que, hoje em dia, é possível contar com o self storage para armazenar, com segurança e eficiência, os mais diversos produtos. Sucesso nos Estados Unidos e Europa, esse moderno conceito de armazenamento vem conquistando cada vez mais os brasileiros. Conheça algumas vantagens do self storage!

Segurança e conservação dos bens

Esse sistema de armazenamento oferece boxes e lockers, localizados em galpões, onde a segurança é garantida por um sistema de monitoramento que funciona dia e noite. O cliente aluga um box e recebe uma senha de acesso a ele. Dessa forma, a entrada no local fica restrita ao responsável pela locação e às pessoas de sua confiança.

Os galpões, onde ficam os compartimentos, são climatizados, limpos e dedetizados periodicamente. Tudo isso para proteger e conservar os artigos armazenados e evitar avarias e danos causados por umidade, poeira ou pela infestação de insetos e roedores.

Privacidade

Como o acesso aos itens armazenados é restrito, é possível contar com o self storage para guardar itens sigilosos, como o arquivo morto da empresa, diversos documentos e artigos de valor sentimental, como fotos e coleções. Essa segurança e privacidade, sem dúvidas, agrega tranquilidade e paz ao cliente, que terá a garantia do sigilo de seus pertences.

Praticidade

A contratação de um self storage é prática, rápida e não exige fiador. O contrato é mensal e pode ser renovado automaticamente. Outra vantagem é que o contratante pode encerrar o contrato quando quiser, sem aviso prévio e sem pagar multas rescisórias.

Além disso, o locatário tem à sua disposição boxes de variados tamanhos e pode migrar para um compartimento maior ou menor sempre que precisar. E tem mais, o contratante não precisa se preocupar com o pagamento de taxas, como IPTU e contas de água e luz, pois elas estão incluídas no aluguel.

Outro benefício da contratação de um self storage é que eles, geralmente, são localizados próximos aos grandes centros. Essa boa localização facilita a vida do locatário, aliando comodidade e praticidade.

O contratante pode acessar o seu box sempre que quiser, sem ter que pedir autorização à empresa contratada. Dessa forma, fica muito mais fácil e rápido movimentar todos os bens armazenados.

Nesse tipo de armazenamento é permitido guardar quase todos os itens, como móveis, materiais esportivos, roupas, livros, documentos, material de pesca e objetos decorativos. Só não é permitido, armazenar em um self storage produtos perecíveis, inflamáveis e contaminantes.

É possível também usar o compartimento como uma extensão da empresa, utilizando-o para acomodar mercadorias de estoque, mostruários, equipamentos e insumos. O box pode ser usado até como escritório para profissionais autônomos, como representantes comerciais. Isso porque esses locais, geralmente, dispõem de rede telefônica e internet.

Conforme ficou demonstrado, com empenho e criatividade é possível valorizar, economizar e aproveitar espaço nos mais variados locais, como residências, lojas, fábricas e escritórios. O bom é que também é possível contar com soluções modernas e eficientes, como o self storage, para guardar quase todos os bens que não cabem em seu imóvel.

Vale lembrar que para o sucesso dessa empreitada, é preciso buscar a parceria de uma empresa moderna e que disponibilize boxes e lockers de diversos tamanhos. É importante também poder contar com sistemas de armazenamento em self storage próximos às grandes cidades, facilitando assim a sua vida e os seus negócios.

Gostou das nossas informações sobre aproveitamento de espaço?